• 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13

Ponte de Ferro

ponte de ferro

A Ponte Aldo Pereira de Andrade ou simplesmente "ponte de ferro", foi construída com material importado da Alemanha e começou a ser contruída em 1929 e inaugurada em 1931. Possui extensão de 315 metros e altura de 18 metros. Até meados de 1970, serviu de passagem para o trem que ia de Blumenau a Itajaí, transportando alimentos e produtos industrializados, por isso ficou conhecida como Ponte da Estrada de Ferro. Hoje, serve de ligação entre o centro da cidade e o bairro Ponta Aguda.

A ponte faz parte da estrada de ferro do Vale do Itajaí que começou a ser construída a partir de Blumenau em direção ao Alto Vale. Do primeiro trecho, a Warnow (localidade entre Indaial e Ascurra) e até a Estação Lontras, inaugurada em 1929, o foco era a ligação do Médio com o Alto Vale.

O interesse em ligar Blumenau ao Litoral começou no final da década de 1920. Dez anos depois, se iniciou a construção do primeiro trecho, passando pelas cidades de Gaspar e Ilhota. Para Luis Carlos Henckels, do Núcleo Regional do Vale do Itajaí da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária em Santa Catarina (ABPF-SC), a construção da estrada entre Blumenau e Itajaí foi uma obra ousada e de vanguarda.

“Os engenheiros pensaram no futuro. Além de enfrentar problemas com o solo em Ilhota, o mesmo problema que a BR-470 enfrenta hoje em sua duplicação, eles pensaram em fazer um trajeto o mais reto possível, permitindo uma velocidade maior do trem. Se nós ainda tivéssemos os trilhos, poderíamos ter hoje uma locomotiva de alta velocidade e uma mobilidade com o Litoral muito maior”, comenta Henckels.


O trecho Blumenau-Itajaí incluiu duas pontes sobre o Rio Itajaí-Açu (Ponte de Ferro e dos Arcos), um túnel no bairro Ponta Aguda e um viaduto sobre a fábrica da Sulfabril.
Muito em função da ditadura de Getúlio Vargas e da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), o trecho foi inaugurado em 1954, ou seja, 24 anos após o início da obra. A Estação Gaspar foi construída no bairro Coloninha, onde hoje fica o Restaurante Estação (próximo da Linhas Circulo). Mais tarde, com a criação da linha Litorina, um vagão rápido e pequeno que fazia apenas o trajeto para o Litoral, uma parada foi erguida no bairro Figueira, cuja estrutura permanece de pé.

 Abaixo um pequeno vídeo do site "Amo Blumenau" com reportagem da ponte de ferro.

Fontes : 

http://www.amoblumenau.com.br/

http://blumenaumaiscultura.com.br/espaco/1/

http://jornalmetas.com.br/caminhosdeferro/?p=210

https://angelinawittmann.blogspot.com.br/2015/02/engenheiro-joaquim-breves-filho-diretor.html

 

Enquete

Qual o morro mais difícil de Blumenau ?
logo_quemsomos.jpg
Sem Imagens
Sem Imagens
Sem Imagens